Jeff Giassi | Confira a entrevista com o piloto oficial Porsche eSports

Jeff Giassi | Confira a entrevista com o piloto oficial Porsche eSports

Seguindo a onda dos eventos de automobilismo virtual (AV), o entrevistado de hoje é o exemplo de como a linha entre os eSports e as pistas de corrida pode ser tênue. Assim, durante a transmissão da segunda edição da Corrida das Estrelas, organizada pela Porsche Cup Brasil, Jeff Giassi foi anunciado como piloto oficial da marca. Como se não bastasse, ele representará a montadora alemã tanto nos eSports, quanto nas competições de pista.

Para quem ainda não sabe, em 2019 a Porsche Brasil tornou-se a primeira montadora a apoiar o AV nacional. Desse modo, nasceu o campeonato Porsche eSports Carrera Cup pelo simulador iRacing, no qual Jeff Giassi foi o campeão.

Com o automobilismo virtual Jeff Giassi rompeu barreiras, principalmente a financeira

Assim como Igor Fraga e Márcio Campos, a história de Giassi no automobilismo começou muito cedo. Mas diferente dos pilotos mineiro e gaúcho, o paulista iniciou diretamente no kart com apenas 4 anos e resistiu até os 11 anos, contra as adversidades financeiras dos custos de treinos. Então, descobriu o mundo dos simuladores sem muita ideia do tamanho que esse universo alcançaria. 

Porém, para Jeff Giassi, o automobilismo virtual foi a chance de romper algumas barreiras, principalmente a financeira para manter seu sonho. Além disso, graças ao eSports o piloto pode continuar treinando virtualmente nas pistas e fazendo campeonatos. A partir do momento que ele conheceu os campeonatos mundiais, sua dedicação e evolução atingiu outro patamar.

Com isso, unindo um intenso aprendizado em simuladores e treinos, os resultados começaram a surgir. Foi nessa época que nasceu o interesse de seguir carreira também nos eSports de corrida. Portanto, toda essa experiência resultou nessa oportunidade junto a Porsche hoje. Confira agora a primeira parte dessa entrevista com Jeff Giassi.

O que mudou na sua carreira no automobilismo virtual desde a vitória do campeonato Porsche eSports Carreira cup Brasil ano passado?

JG: Mudou completamente minha carreira não só no virtual, mudou minha vida inteira. O fato de ter vencido o campeonato e ter pilotado o carro de verdade como premiação, não tem preço! Eu fiquei agora com uma reputação completamente diferente do simulador porque antes ninguém me conhecia e agora eu sou um piloto virtual da Porsche Brasil e Porsche Cup Brasil. Então isso mudou minha vida em 180°, mudou completamente para outro lado.

 Agora eu sou um piloto Porsche em um campeonato mundial, representando a Porsche Brasil e a Porsche Cup Brasil, correndo pela Brazilian Grip. Então, mudou ao ponto de eu estar em casa, apenas treinando para fazer um campeonato de AV para, de repente, ter um contrato com uma marca incrível e uma competição com um carro de verdade no fim do ano. Essa é uma coisa que não tem preço, de jeito nenhum. É um sonho muito mais do que realizado.

Como se sente sendo um dos primeiros pilotos a disputar tanto o campeonato virtual quanto real por uma mesma equipe?

JG: Eu me sinto não só muito honrado, mas muito feliz em saber que isso está acontecendo. Honrado em saber que está acontecendo comigo e feliz em saber que está acontecendo não só comigo, mas com outras pessoas que também merecem ter reconhecimento, que merecem ter oportunidade, e feliz que cada dia tem acontecido mais.

Porsche como grande pioneira nos eSports Brasileiro e abrindo portas e mais portas. Agora a oportunidade de representar a montadora no campeonato da Porsche Mundial é uma honra enorme. Eu espero que isso influencie pessoas a não desistirem porque eu estive no automobilismo tentando desde dos 4 anos de idade.

Então, eu espero que isso dê mais uma motivação para outras pessoas também correrem atrás dos seus sonhos. Uma vez que, em vários momentos eu já passei por situações difíceis, mas estou com o meu sonho se tornando realidade. Logo, fico feliz que isso está acontecendo comigo e outras pessoas e feliz em saber que o eSports está crescendo cada vez mais. Ainda mais, com esse apoio da Porsche Brasil e da Porsche Cup Brasil.

 Na sua opinião, o que falta para automobilismo virtual atrair um grande público para os campeonatos assim como os demais eSports?

JG: Talvez seja um pouco de tempo. Todos nós sabemos como vários FPS e os Moba se tornaram gigantes nessa área e que não foi feito da noite para o dia. Então, acho que agora o automobilismo virtual tem ganhado um enorme espaço na mídia e está indo pelo caminho certo. Assim, creio é uma questão de tempo até se tornar uma plataforma de eSports tão reconhecida. Com certeza, dentre os atletas de eSports, os pilotos virtuais apresentam um nível de competitividade tão grande quanto os demais.

Desse modo, o mais importante no momento são as pessoas envolvidas, não só competidores, mas todas as pessoas envolvidas nos eventos. Precisam ser as pessoas certas como podemos ver nos campeonatos que participei recentemente. Então eu diria que é apenas uma questão de tempo para isso se tornar um grande concorrente – não concorrente – mas um grande nome na área de eSports tal como FPS, Moba e etc.

Ainda tem mais por vir!

Como havia dito lá no início, essa é apenas a primeira parte da entrevista. Na segunda parte dessa matéria, Giassi contará como ocorreu o convite para fazer parte da equipe Porsche. Além de falar da competição internacional Porsche Tag Heuer eSports Supercup.

Também gostaríamos de agradecer o apoio da equipe do podcast Sim Racing News. Aliás, eles produziram um episódio especial sobre o Jeff Giassi.

Por fim, anunciamos que o site Kolmeia, acompanhará alguns pilotos de AV durante alguns campeonatos e Ligas. Por falar nisso, nossa próxima entrevista será com ninguém menos que Erick Goldner, vencedor da 2° edição da Corrida da Estrela e 1° piloto de eSports oficial do programa da Shell.


More Stories
O Show de Truman | O grande reality show do cinema
O Show de Truman | O grande reality show do cinema