Indústria dos eSports | O que você precisa saber para iniciar sua carreira

Indústria dos eSports | O que você precisa saber para iniciar sua carreira

13 5

Você não precisa ser um pro player para fazer parte dessa indústria

Não importa a idade que você tenha, aposto que ultimamente você já deve ter ouvido bastante sobre os eSports. Nessa última década, a indústria de jogos eletrônicos apresentou um crescimento considerável, além de oferecer várias opções de carreiras viáveis. Porém, mesmo que hoje exista várias fontes de informação, talvez nem todos sabem quantas oportunidades existam. Confira agora o prelúdio da série Indústria dos eSports.

Indústria dos eSports | O que você precisa saber para iniciar sua carreira

Aviso! Cuidado com os conceitos equivocados e embates de gerações no caminho

Recentemente, um fenômeno curioso ocorreu. Graças à internet, talvez, pela primeira vez em muito tempo, gerações mais novas tornam-se mais experiente em uma área do que as anteriores. Afinal, tanto a geração Y, quanto a Z se desenvolveram junto das inovações da tecnologia. Enquanto as gerações anteriores tiveram de se adaptar tardiamente a elas, gerando alguns embates. Por conta disso, alguns conceitos equivocados nasceram. Mas antes de falar sobre eles, confira na imagem abaixo de quais gerações estamos falando.

Indústria dos eSports | O que você precisa saber para iniciar sua carreira
Reprodução: Revista Exame – artigo – Os millennials, lamentamos informar, são coisa do passado

O conceito equivocado mais famoso foi: Jogar videogame era um desperdício de tempo para o desenvolvimento para carreira de uma pessoa. Acreditamos que essa seja uma das grandes barreiras iniciais para os pro players. Igualmente, o fato dos tomadores de decisões dessa indústria, por vezes, sejam da geração anterior. Assim, embora eles tenham muitos conhecimentos que ajudam o eSports a expandir, a falta de experiência nesse campo pode gerar conflitos intensos.

O outro conceito equivocado, talvez não tão divulgado quanto o primeiro, está ligado a ideia de que os eSports começaram na última década, e assim é algo destinado para crianças e jovens. Para quem ainda não sabe, as primeiras competições de esportes eletrônicos datam do início da década de 70. Portanto, se hoje temos arenas cheias e transmissões online e na TV, agradeça aos diversos grupos que organizaram competições de vídeo games desde a época que isso não tão popular.

Indústria dos eSports | O que você precisa saber para iniciar sua carreira
19 de outubro de 1972 – Stanford – Olimpíadas Intergaláticas de Spacewar

eSports é isso tudo que dizem?

Agora que falamos um pouco dos embates, vamos ao motivo principal desse artigo, informações! De acordo com o site Observatório de Games, uma pesquisa elaborada pela agência New Zoo coloca o Brasil na 13° posição no mercado gamer, com uma receita aproximada de R$ 1,6 Bi. Como se não bastasse, segundo o site Consumo Moderno, uma pesquisa da mesma agência aponta o nosso país como o terceiro maior público de eSports, com um público de 7,6 milhões de espectadores mensais.

Portanto, os eSports realmente apresentam aos candidatos, emprego e oportunidades reais de carreira. Afinal, mais do que nunca, há empresas se envolvendo nesse espaço. Isso significa que há mais empregos disponíveis, tanto para os novatos quanto para os que já têm experiência na indústria.

Escolha seu personagem (opa! emprego)

Existem muitas funções diferentes nos eSports, algumas mais práticas do que outras, e mais empresas não endêmicas . Por mais que elas não tenham uma ligação direta com os jogos, ainda sim estão abrindo divisões de eSports ou criando ações para a comunidade. Um exemplo disso é a empresa de energéticos Red Bull que possuí o torneio Red Bull Player One que elege o melhor jogador de League of Legends. Além disso, promove uma série de programas exclusivos no seu canal o Red Bull TV. Como se não bastasse, conta com uma equipe oficial nas competições de automobilismo virtual.

Aqui está uma lista de alguns dos trabalhos mais conhecidos no eSports.

  • Jogador profissional (Pro Player)
  • Comentaristas / Apresentadores
  • Coach / Analista
  • Jornalista / Criador de conteúdo
  • Executivo de Marketing
  • Gerente de Produto
  • Gerente de vendas / Parcerias
  • Árbitro
  • Proprietário / Gerente da organização
  • Gerente de comunidade / mídia social
  • Equipe de transmissão / Produção
  • Gerente de eventos
  • Agente
  • Outras funções (estatístico, advogado, finanças, suporte etc.)
  • Outras carreiras de jogos (desenvolvedores, editores, distribuição etc.)

Preparado para pressionar o start da sua carreira?

Existem várias maneiras para começar nessa área. Em primeiro lugar, a boa notícia é que há várias oportunidades nos eSports, o que significa que é mais fácil para se envolver, e ser pago por isso.

A má notícia é que geralmente exige muito trabalho e dedicação, e pode ser bastante competitivo. Então, você deve ter certeza de que é algo pelo qual se apaixona.

No próximo capítulo dessa série, a Kolmeia e suas abelhas irão abordar um o passo a passo para o início da sua carreira no mundo dos jogos eletrônicos. Não queremos ver ninguém voando por aí sem destino né? Então, o próximo capítulo será: Indústria dos eSports | Como iniciar uma carreira hoje.



Fernando Campo Grande

Um Geólogo/Produtor de conteúdo nascido no Rio, apaixonado por filmes, series, videogame. Produtor de stories no instagram e curioso pra caramba. Me juntei com uma galera legal e fiz um site, tem dado certo até agora e creio que assim continuará

Related Post

There are 5 comments

  1. Pingback: Como o TikTok está impactando a indústria de esportes eletrônicos?

  2. Pingback: Indústria dos eSports | Como iniciar uma carreira hoje

  3. Pingback: Coliseum Pro Network | Conheça a empresa com DNA dos eSports

  4. Pingback: Maratona Profissões nos eSports | Evento ocorre do dia 1 à 15 de agosto

  5. Pingback: Samsung | Conheça a The Sero, primeira TV que gira para a vertical

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *