Indústria dos eSports | Por dentro da equipe Kings of Asphalt

Indústria dos esports | Por dentro da equipe Kings of Asphalt

776 0

Para quem está chegando agora, esse artigo faz parte da série Indústria dos esports. No episódio anterior, iniciamos a fase 2 desta série com o Pro Player Lucas Bonelli. Hoje, iremos falar sobre a Kings of Asphalt (Koa), equipe de automobilismo virtual (AV) que está presente em diversas categorias de esports e sonha em se tornar uma equipe do esporte tradicional.

Indústria dos eSports | Por dentro da equipe Kings of Asphalt
(Divulgação/Kings of Asphalt)

A Kings of Asphalt exemplifica como esse esport pode ser próximo do automobilismo de pista


Como já dissemos diversas vezes, dentro do cenário dos esports, o AV é um dos poucos exemplos de como o esportes eletrônicos podem ser próximos dos tradicionais. Dessa forma, a história da KOA exemplifica isso, afinal, para um piloto conseguir ter a consistência necessária para vencer as corridas e campeonatos, é necessário um suporte fora da pista.



Para se ter uma ideia, em apenas 4 meses de existência, após um árduo trabalho, a Kings of Asphalt já conquistava o primeiro título, a Copa iCarros. Assim, ao observar a dinâmica das competições de automobilismo tradicionais, geralmente os pilotos com as maiores pontuações são frutos de equipes bem estruturadas.

A equipe do Kolmeia teve o prazer de conversar com o Fernando Albertoni, mais conhecido como DaLeste, fundador da equipe Kings of Asphalt.

Indústria dos eSports | Por dentro da equipe Kings of Asphalt
Fernando Abertoni “DaLeste” . (Divulgação/ Arquivo Pessoal)

Quais foram os primeiros campeonatos que a Kings of Asphalt participou?


DaLesteO primeiro campeonato foi na Liga Speed, depois entramos simultaneamente nas ligas ZGT e Apexgt. Logo em seguida, entremos nas demais ligas como a Brasil Automobilismo Virtual, na plataforma PlayStation 4.


Como é a relação entre os membros da equipe desde os pilotos até as demais funções?


DaLeste
A relação com os pilotos são as mais transparente e familiar possível, a ponto de que todos os que estão lá sintam-se em casa. Às vezes, eles se sentem até melhor do que nas suas próprias famílias. Esse é o espírito da equipe e ela se ela se converte também para os membros que tem uma função dentro da equipe. É tudo tratado da mesma forma, como se fosse uma reunião familiar.

Quais são os principais desafios?


DaLestePrincipal desafio é tornar um membro da equipe campeão mundial de Gran Turismo da FIA e campeão na plataforma iRacing. Afinal, essas são as duas mais difíceis que tem hoje.

Para se ter uma ideia, além da equipe já ter superado a marca de 600 largadas, alcançando mais de 250 Top-5 e mais de 200 pódios nas ligas ZGT, Apexgt e Brasil AV, hoje a KOA conta com o piloto Adriano Carrazza que atualmente está na 4° posição na Nations Cup do Gran Turismo World Tour. Além disso, a Kings of Asphalt também está participando do Porsche esports Sprint Challenger na plataforma iRacing.


Quais são os planos para o futuro


DaLeste
Então, planos para futuro, um que eu posso dizer e os outros que eu ainda não posso falar. O que eu posso dizer de plano para o futuro: conseguir correr uma temporada, seja ela na Porsche Carrera Cup, ou na Copa HB 20, ou Sprint Race também, o meu sonho é sair do virtual e ir para o real como uma equipe. Ah DaLeste! Mas isso é possível? pra Deus, nada é impossível. E esse sonho eu tenho uns caminhos para chegar.

Prévia dos próximos episódios

A jornada pela Indústria dos esports não para por aqui, nossas abelhas estão por aí procurando os melhores temas para vocês. Nos próximos episódios conheceremos um pouco mais sobre a Brasil Automobilismo Virtual, Gilmar Rosa nos contou um pouco dos bastidores de uma liga que possui competições de Gran Turismo (PS4), Forza (XBOX ONE), Endurance (WRB – World Racing Brasil), Nascar e até mesmo Rally.

Além disso, faremos uma viagem aos primórdios das primeiras competições de esports. Para isso fizemos uma parceria com o Museu Nacional do Videogame, que reúne um vasto acervo de consoles. Desde o Odyssey aos modernos consoles, o museu preserva os 50 anos de história do vídeo games. E por fim, falaremos sobre alguns aspectos trabalhistas para os Pro Players.


Então, #KolanoKolmeia e não perca os próximos episódios.


Fernando Campo Grande

Um Geólogo/Produtor de conteúdo nascido no Rio, apaixonado por filmes, series, videogame. Produtor de stories no instagram e curioso pra caramba. Me juntei com uma galera legal e fiz um site, tem dado certo até agora e creio que assim continuará

Related Post

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *