Crítica | Velozes e Furiosos 9 será que o filme foi longe demais?

Se você acha que já viu de tudo na franquia, prepare-se

Quem poderia imaginar que um filme de corridas ilegais chegaria ao nono filme? A resposta para essa pergunta está na base de fãs apaixonados ficarem ansiosos para mais uma aventura do Dom. Para se ter uma ideia, a franquia Velozes e Furiosos ultrapassou os US$ 6 bilhões de faturamento no somatório de todos os seus 9 filmes esse ano. Dessa forma, essa crítica precisará ser dividida em duas partes. A primeira será apenas para os fãs da franquia e a segunda parte para o público geral, tudo bem?

Parte 1 – Embora não tenha sido o melhor filme da Franquia, Velozes e Furiosos ainda pode surpreender os fãs

O grande fio condutor da história é o passado do Dom. Embora essa história já tenha sido mencionada, principalmente no primeiro filme, pela primeira vez vemos o porquê do Dom Toretto ter sido preso. Com isso, somos apresentados ao Jakob ,irmão do Dom, interpretado por John Cena, e a partir daí, começa a batalha dos irmãos no estilo missão impossível. Claro, se o Dom tem um problema, toda a família tem um problema.

Em questão de roteiro, não esperem muitas surpresas! Mas uma vez eles estão tentando impedir que um artefato eletrônico cause um dano global, enquanto correm por várias cidades explodindo tudo. Aliás, quase tudo foi posto no trailer, mas honestamente, para quem é fã da franquia, as cenas de ação e perseguição dos carros são o que mais importam, então, vamos a elas.

Cada filme da franquia um novo momento “Wow” é adicionado. No entanto, Velozes e Furiosos 9 eles passaram de todos os limites. Se você acha que as cenas do trailer são impressionantes, acredite elas são ainda mais durante o filme que ainda irá te surpreender. O ponto alto, (literalmente), acontece quando eles entram em órbita com um carro.

Uma participação de destaque fica com a atriz Charlize Theron. As poucas vezes que ela aparece, ela consegue roubar a cena em tom de ameaça muito maior que o Jakob. Além disso, contamos com a presença da rapper Cardi B. Outro ponto que vale a pena comentar é a trilha sonora que muito provavelmente irá aparecer nas paradas de streamings em breve.

Velozes e Furiosos é um filme feito principalmente para os fãs da franquia e quem assistiu até aqui, muito provavelmente irá gostar dessa nova aventura. No entanto, esse não é o melhor filme da saga e talvez em um possível próximo filme possa ter alguma coisa diferente para variar. Antes de ir ao cinema, não deixe de assistir os episódios 3, 6,7  e 8 para captar bem as referencias. Há cena pós créditos que indicam que teremos uma continuação.

Parte 2 – Se você não viu os filmes anteriores, esse filme não é indicado

Como disse na parte 1, Velozes e Furiosos 9 é um filme feito para quem já assistiu aos demais filmes da franquia. Logo, a chance de quem nunca viu nenhum dos filmes anteriores ou que viu alguns gostar é muito pequena. A razão disso está nas várias cenas que são impossíveis de se levar a sério. Além disso, o roteiro é extremamente preguiçoso, por vezes cansativo para não dizer previsível. Portanto, se está procurando um bom filme de ação para se distrair nos cinemas, pense duas vezes.

Inclusive, fazendo uma comparação com a franquia Missão Impossível, a cada filme há uma evolução tanto no roteiro, quanto nas sequências de cenas de ação. Isso permite que você ao menos tente acreditar que aquelas cenas são possíveis de acontecer, resultando uma nova onda de fã a cada episódio. Já Velozes e Furiosos parece que está caminhando cada vez mais no sentido contrário sem temer parecer ridículo. 

Talvez a franquia tenha ido longe demais, mas isso só os fãs e estúdio irão dizer.

Confira Também – Crítica | Invocação do Mal 3: A Ordem do Demônio

More Stories
O Vôo Rasante do Urubu | A Terceira Semana do 2º Split CBLoL 2020