Livro do Demônio | Quem pegou o exemplar em Rua do Medo: 1666?

Como o Kolmeia já adiantou, é possível que a Trilogia Rua do Medo ganhe uma continuação (confira aqui). E um dos principais motivos para a isso é ansiedade do público em responder uma pergunta específica: quem pegou o Livro do Demônio no final de Rua do Medo: 1666? Afinal, por se tratar se um exemplar tão poderoso, o futuro de Shadyside e até do mundo pode estar em jogo.

Entretanto, vale lembrar que deixar uma brecha na resolução é um recurso de roteiro muito usado em filmes de terror. Se soluciona o problema, mas se deixa a motivação dele, como uma insinuação de que problema semelhante pode surgir outra vez. Isso passa a ideia de que o mal nunca tem fim e é justamente essa ideia que alimenta o gênero. Até porque, como disse Deena, não se pode matar o diabo. Assim, talvez a pergunta nunca seja respondida, mas torçamos para que sim!

O que é o Livro do Demônio?

A primeira aparição do livro na trilogia é no segundo filme, 1978. Entretanto, considerando a ordem cronológica, ele é mostrado pela primeira vez 1666, sob posse da Viúva Mary. Nessa época, Shadyside e Sunnyvale ainda formavam um povoado unificado chamado Union. O livro esteve seguro enquanto permaneceu com a viúva, até ser descoberto pelo ambicioso Solomon Goode.

O final do filme Rua do Medo: 1666 deixou o público com uma pergunta: quem pegou o Livro do Demônio que amaldiçoou Shadyside? Veja suspeitos!

A saber, se trata de uma espécie de manual de instrução de como fazer um pacto satânico. Esse pacto é uma espécie de troca, em que se faz um ritual e em seguida se oferece uma alma para, então, pedir e receber do demônio o que quiser. Como mostrado em 1666, a primeira alma oferecida por um Goode foi do pastor Cyrus Miller, que se tornou o primeiro assassino de Shadyside. Até porque a alma oferecida se torna responsável por derramar o sangue dos shadysiders do qual o diabo se alimenta. Além das ondas de assassinatos, a cidade ainda fica refém de uma maldição que a impedia de prosperar.

Algumas páginas do livro foram mostradas por Sarah Fier quando se conectou com Ziggy em 78 e Sam em 94. Afinal, era no livro que estava a resposta para o fim da maldição, pois foi dele que ela surgiu.

Porque alguém roubaria o livro?

Livro do Demônio, sem dúvidas, é muito poderoso. Em contrapartida, representa um grande perigo para a humanidade. Portanto, muitas pessoas podem estar procurando por ele, seja para usá-lo, para guardá-lo ou para tentar destruí-lo. Inclusive, não se sabe se o livro pode ser destruído, já que em Rua do Medo ninguém tentou. Pode ser um livro comum, ou estar protegido por um tipo de magia que o torne indestrutível ou, no mínimo, difícil de destruir.

Quem são os principais suspeitos?

Pois bem, como já mencionado, o livro de Satã foi roubado por alguém. A saber, isso aconteceu após a morte de Nick Goode quando Sam e Deena deixaram o exemplar para trás. Entretanto, a cena só mostrou as mãos de quem o pegou. Assim, precisamos seguir algumas pistas para descobrir o mistério.

Primeiro, o lugar onde o livro foi roubado é o subsolo do Shadyside Mall, local com grande movimentação de pessoas e que pertence aos Goode. Segundo, o roubo foi feito pouco tempo depois da morte de Nick, já que as marcações deixadas pelos policiais ainda estavam no local. Por fim, as mãos que aparecem roubando o livro são de uma pessoa branca. Portanto, não foi Martin nem Josh. Outro indício importante são as pegadas deixadas por Sam e Deena na residência dos Goode, quando saíram do subsolo escondido. Qualquer pessoa que seguisse as pegadas para ver de onde saíam encontraria a passagem secreta, que na verdade nem era tão secreta assim.

Com isso, a maior suspeita cai sobre a família Goode, mas outras pessoas também estão sobre a mira da nossa investigação:

Will Goode

O irmão de Nick Goode e prefeito de Sunnyvale, certamente, é o principal suspeito. Afinal, ele é membro da família responsável por fazer e manter o pacto satânico. Embora, tenha negado publicamente ter ciência das práticas de seu irmão, a probabilidade disso ser verdade é muito pequena. Até porque a família Goode definitivamente é a que mais se beneficiou do pacto e a que mais tem a perder com o fim dele.

Will não apareceu muito em Rua do Medo. Na verdade, o contato mais significativo do público com ele foi no Nightwing em 1978. Na ocasião, ele foi responsável por capturar Ziggy de forma violenta e colaborar com a sessão de tortura de Sheila conta ela. Assim sendo, não tem um caráter melhor do que o resto da família. Sem dúvidas, o livro do demônio com ele seria um perigo.

Enfermeira Lane

É importante frisar que não necessariamente quem pegou o livro pretende utilizá-lo. Pode ser que a intenção seja protegê-lo, assim como a Viúva Mary fazia em 1666. Dessa forma, uma forte candidata é a enfermeira Mary Lane. Afinal, em 78 ela acreditava na maldição que levou sua filha e compreendia a gravidade do pacto satânico. Entretanto, vale lembrar que o livro de Satã não é o diário de anotações de Lane. Quem encontrou o Livro do Demônio foi Cindy Berman no subsolo do Nigthwing, mas deixou ele lá mesmo. Já o diário acabou ficando com Ziggy, que o devolveu para a enfermeira Lane no final do último filme. Vale lembrar que a atriz que interpretou a Enfermeira também deu vida à Viúva em 1666. Portanto, ela é a guardiã original do livro.

C. Berman (Ziggy)

Seguindo essa linha de raciocínio de que quem pegou o livro pode não estar interessando em usá-lo, outra suspeita é Ziggy. Talvez, C. Berman tenha descido ao subsolo para se despedir de Nick e, então encontrado o livro. Posteriormente, ela teria voltado ao local na intenção de destruí-lo e, assim, proteger Shadyside.

O final do filme Rua do Medo: 1666 deixou o público com uma pergunta: quem pegou o Livro do Demônio que amaldiçoou Shadyside? Veja suspeitos!

Sheila

Talvez Sheila seja o personagem menos provável dessa lista, mas não podemos descartá-la. Sheila era uma adolescente muito maldosa e nutria um grande ódio por Shadyside, principalmente por Ziggy. Ela pode ter descoberto e guardado o segredo dos Goode na expectativa de uma dia se aproveitar dele. Embora, como nascida em Sunnyvale, ela já se aproveitasse de alguma forma. O livro seria uma maneira de conseguir mais poder e mais dinheiro ou, quem sabe, uma vingança contra C. Berman?

Personagem desconhecido do público

O livro do demônio tem no mínimo três séculos e pode ser bem mais antigo, até milenar. Nesse tempo, pode ter passado por várias localidades e estar envolvido em vários pactos satânicos, até aparecer em Union em 1666. Alguém de outro lugar pode estar buscando por ele na expectativa de quebrar alguma maldição e ter seguido pistas até Shadyside. Assim sendo, a história se passaria em um novo lugar com novos personagens. Porém, o livro ainda pode estar no contexto shadyside, mas ter sido pego por um personagem ainda desconhecido.

São muitas pistas e muitos indícios, mas e você? Quem você acha que roubou o Livro do Demônio em Rua do Medo? Conte pra nós nos comentários!

Aproveite e confira nosso podcast sobre Rua do Medo no Spotfy! Basta clicar em: Ep 06 – Rua do Medo (Parte 1) – Porque os dois primeiros filmes surpreendem tanto? – Kolmeia Talk | Podcast on Spotify

More Stories
Mortal Kombat Legends: A Vingança de Scorpion está disponível no Brasil
Mortal Kombat Legends: A Vingança de Scorpion já está disponível em formato digital no Brasil