Exclusivo! Vicar conversa com o site Kolmeia sobre Stock Car e eSports

283 0

Será que um possível campeonato de esports de corrida vem aí

Logo após o anúncio internacional do iRacing sobre a inclusão dos carros da Stock Car no catálogo de corridas on line, a comunidade de esports de corrida entrou em festa. Afinal, a maior categoria de automobilismo nacional estava dando mais um passo em direção ao universo dos jogos eletrônicos.

Para quem ainda não conhece, o iRacing é um simulador que trabalha com um sistema de serviço de assinatura e assim desde 2008 vem fornecendo uma série inovações para os amantes de corrida virtuais. Por falar nisso, produzimos conteúdo especial sobre o iRacing logo após a entrevista.

Isso mesmo! Tem uma surpresa depois da entrevista com a Vicar

Por isso, aproveitamos a passagem histórica do circo da stock car pela cidade maravilhosa e durante o GP do Galeão começamos a produzir essa matéria e responder algumas curiosidades e dúvidas a respeito desse anúncio. A seguir, confira o nosso bate papo com a Vicar, a promotora das competições da Stock Car.

No final de 2021, foi anunciado que os carros da Stock Car passariam a fazer parte do simulador iRacing, um dos mais utilizados nas competições de esports, como nasceu essa iniciativa?


VICAR: O iRacing é considerado a principal plataforma global de automobilismo virtual, atualmente, e a VICAR tinha total interesse em ter o Chevrolet Cruze e o Toyota Corolla da Stock Car no jogo, da forma mais realista possível. Para isso, contamos com o auxílio do Tony Kanaan, que conhece o pessoal do iRacing e fez a ponte com a gente. Foram meses de conversas, desenvolvimento, uma empresa americana chamada FARO foi responsável por scanear os dois modelos aqui no Brasil… na reta final, o Tony foi nosso ‘piloto de testes virtual’, para fazer com que a pilotagem no iRacing ficasse o mais próximo possível da vida real.

Desde 2017, a Fórmula 1 deu início a um campeonato oficial de eSports e nos anos seguintes, o mesmo movimento foi seguido pelas 24 de Le Mans, Fórmula Indy, Fórmula E, Nascar e aqui no Brasil a Porsche Cup. Há planos de um campeonato de eSports oficial de Stock Car para 2022?


VICAR: Sim, existe este plano para criarmos o Campeonato Oficial de e.Stock. Estamos na reta final de desenvolvimento do formato e, em breve, anunciaremos mais esta novidade.

Os eSports de corrida (automobilismo virtual) são um dos poucos exemplos de competições online que podem revelar futuros atletas para o esporte tradicional. No entanto, ainda precisa de apoio das competições de pista, como a Stock Car enxerga esse cenário?


VICAR: Já existem alguns casos bem sucedidos de transição de pilotos do mundo virtual para o mundo real. Aqui no Brasil mesmo temos o Igor Fraga, que começou tendo destaque em competições online e chegou a fazer parte do projeto de jovens pilotos que levou nomes como Sebastian Vettel e Max Verstappen a se tornarem campeões mundiais. Esta iniciativa é muito interessante, mas a transição precisa ser muito bem pavimentada. Não daria para premiarmos o campeão virtual para competir na principal categoria do automobilismo brasileiro, sem antes ter alguma experiência em competições reais. Para isso, também seria necessário contar com o apoio de marcas que tenham interesse neste tipo de storytelling, que seria incrível.

Uma das maiores preocupações dos grandes eventos esportivos, incluindo os jogos olímpicos, é atingir o público mais jovem. Como os eSports são extremamente populares entre o público mais novo, vocês acreditam que a ideia de ter um campeonato online que revelaria um Pro Player experiente resultando numa participação na Stock, iria aproximar o público mais jovem tanto das etapas, quanto das transmissões?


VICAR: A Stock Car está em um momento muito positivo. Temos mais de 200 marcas envolvidas no universo da categoria, entre patrocinadores oficiais e empresas que apoiam pilotos e equipes. O retorno das transmissões de todas as provas da temporada em TV aberta, com a Band; e em TV paga, com o SporTV; tem ajudado a aumentar o interesse na Stock Car, mas sabemos que nosso público ainda é majoritariamente entre acima dos 30 anos e muitos deles vão nas corridas com seus filhos, o que é muito legal, pois é um programa familiar. De qualquer forma, acreditamos que a entrada no mundo virtual, através do iRacing, e com um campeonato oficial deve ajudar a rejuvenescer a base de fãs da categoria.

No ano passado, de acordo com um artigo publicado no site Kolmea.net, o iRacing em parceria com a Nascar escanearam as ruas de uma parte de Chicago com um objetivo de criar um circuito online e assim testar a viabilidade técnica de um circuito real. Se a mesma tecnologia fosse empregada aqui no Brasil, vocês teriam algum circuito de rua que gostariam de testar?


VICAR: Por enquanto, o único circuito brasileiro presente no iRacing é o Autódromo de Interlagos, por ser o nosso templo automobilístico. Desde o início, abrimos esta possibilidade para que as demais pistas presentes no calendário da Stock Car fossem scaneadas por eles. Quem sabe, quando isso acontecer, não conseguimos aproveitar e fazer algo parecido com o que foi feito pela NASCAR.

Já ouviu falar do Km/h Cast?

Automobilismo sempre esteve no DNA do Kolmeia, inclusive sua primeira postagem foi sobre eSports de corrida. Logo, a criação do Km/h cast foi algo quase que natural, e claro, extremamente divertido. Dessa forma, ao invés de fazer uma longa matéria sobre o iRacing, decidimos convidar o Thiago Izequiel ( Pro Player, Chefe de equipe e muitas outras coisas) pra um episódio especial sobre o simulador.

Além disso, no Km/h Cast estamos fazendo uma cobertura pós corrida das etapas de Fórmula 1 e em breve teremos mais novidades.

Fernando Campo Grande

Um Geólogo/Produtor de conteúdo nascido no Rio, apaixonado por filmes, series, videogame. Produtor de stories no instagram e curioso pra caramba. Me juntei com uma galera legal e fiz um site, tem dado certo até agora e creio que assim continuará

Related Post

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *