Rock in Rio 2022: Tudo o que você precisa saber antes de ir para o festival

80 0

Faltam poucas horas para a abertura de portões para o tão aguardado Dia do Reencontro dentro da Cidade do Rock! Nesta sexta-feira, 02, o mundo voltará todos os olhares novamente para o Rio de Janeiro, onde acontece o primeiro dia do Rock in Rio 2022. Para que tudo esteja perfeito para aproveitar a programação de 14 horas diárias da maior e melhor edição de todos os tempos do festival é preciso de organizar. Com a novidade do ingresso digital, é importante que o público já saia de casa com o ingresso baixado na wallet do celular. Já aqueles que vão usar o Rock Express, transporte coletivo exclusivo que sairá da estação Jardim Oceânico e Terminal Alvorada, ainda conseguem adquirir o bilhete no site. Para evitar qualquer contratempo, a organização recomenda que o público se planeje e adquira o serviço antecipadamente. O BRT não fará serviço para o Parque Olímpico.

O primeiro dia festival começa com um line up de peso no Dia do Metal com mais de 72 horas de muita música, emoção e entretenimento para todos que estiverem presentes. Na grade de horários do Palco Mundo, o IRON MAIDEN, headliner da noite, será a terceira atração a subir no espaço. Com isso, a programação fica: 17h25 (Sepultura + Orquestra Sinfônica Brasileira), 19h25 (Gojira), 21h30 (IRON MAIDEN) e 00h05 (Dream Theater). O maior festival de música e entretenimento do mundo acontece entre os dias 02, 03, 04, 08, 09, 10 e 11 de setembro. Com seus ingressos totalmente esgotados, o festival receberá 700 mil pessoas durante os sete dias. No dia 4 de setembro, as apresentações do Palco Mundo tiveram seus horários atualizados, com isso, os shows passarão para 16h15 (Jota Quest), 18h25 (Iza), 20:35 (Demi Lovato) e 23h00 (Justin Bieber). O Palco Sunset também tem alterações com as apresentações marcadas para às 15h10 (Matuê), 17h20 (Luisa Sonza convida Marina Sena), 19h30 (Emicida & convidados) e às 21h55 (Gilberto Gil in Concert). O público pode planejar sua agenda diretamente pelo aplicativo oficial do Rock in Rio.

Hoje no Palco Mundo os shows começam às 17h25 com o encontro entre Sepultura e a Orquestra Sinfônica Brasileira, chamado de “Sepultura in Concert”, e promete arrepiar os fãs ao misturar o melhor da música clássica com o heavy metal da banda brasileira. Em seguida, a banda francesa, Gojira, sobe ao palco às 19h25. O headliner da noite, o IRON MAIDEN, volta ao Rock in Rio pela quinta vez e sobe no palco às 21h30. Quem encerra a primeira noite é a banda Dream Theater, que traz o metal progressivo para a Cidade do Rock.

Os brasileiros do Black Pantera, que serão responsáveis por abrirem as apresentações do Palco Sunset, convidam a banda Devotos, seguidos pelo supergrupo de heavy metal americano Metal Allegiance. Abrindo a sequência de headliners do palco  Living Colour e o guitarrista Steve Vai, fazem um encontro inédito entrará para a história das grandes apresentações realizadas no festival. Fechando essa noite apoteótica os americanos da banda Bullet For My Valentine vai levar os headbangers ao delírio com seus sucessos.

No Espaço Favela, o primeiro dia do festival começa com a banda Revengin com um projeto ambicioso que visa mesclar Heavy Metal com elementos sinfônicos em um time composto por grandes músicos do estado do Rio de Janeiro. A banda Affront, formada em 2016 pelo Baixista, vocalista e líder da banda, Marcelo Mictian, nascido e criado no Complexo da Maré é a segunda a subir no palco. Fechando a noite a banda Gangrena Gasosa, formada no Rio de Janeiro, no início da década de 1990, o grupo cruza elementos da cultura afro-brasileira na sua música incorporando uma mistura de Heavy Metal com Hardcore regado a pontos de Exus.

A estreia do novo local do palco Supernova fica por conta de Crypta, Surra; Matanza Ritual e Ratos de Porão. Já na Rock Districk sobem ao palco Oitão; Noturnall; Eminence e Sioux 66. No New Dance Order, Chang Rodrigues LiveFlo Masse Vs Craig OuarBinaryhValentina LuzAnanda; Renato Ratier Vs Diogo Aciolly e Len Faki prometem colocar os headbangers para dançar.

Formada por 22 áreas dentro de 385 mil m2 de atividades para o público, a Cidade do Rock promete muito mais atividades além das músicas. O público poderá se divertir nos brinquedos: Roda-Gigante, Montanhas Russas, Tirolesa, Discovery e Megadrop, além do Carrossel. Na arena 3, a NAVE inicia suas sessões às 14h30, com uma verdadeira imersão na Amazônia Contemporânea e um grande show de projeções e músicas no barco aparelhagem instalado no local.  Às 16h30, haverá encontros especiais entre artistas e o público que, a cada dia, assistirá uma apresentação musical inédita no espaço. No primeiro dia de festival, 2 de setembro, os DJs residentes Will Love e Waldo Squash se intercalam durante as apresentações da programação. Na sessão de 16h30, o público acompanhará um show emocionante de Guitarrada das Manas e Mestre Solano, encontro inédito no barco-aparelhagem da NAVE. Já no Uirapuru, as quatro sessões diárias prometem emocionar a plateia com o espetáculo que conta a mágica lenda de um pássaro indígena.

A nova e remodelada Gameplay Arena vai mostrar como os games e a música podem se misturar de uma forma única e especial. A primeira atração que sobe ao palco depois do esquenta do DJ Cereja é a gameplay do MultiVersus, da Warner Bros. Games, às 14h30, em que o público poderá participar de duelos no jogo multiplayer e gratuito que reúne personagens icônicos como Batman e Salsicha. Arthur Ribas, apresentador do Warner Play, vai comandar a diversão, além de mostrar o trailer do game. Logo depois, às 15h45, o palco recebe dinâmicas interativas sendo conduzidas pelos embaixadores brasileiros do game Just Dance, que é sempre um sucesso no festival. Já às 17h, acontece a fase de grupos do e-Brasileirão PRO. Este ano, pela primeira vez, a reta decisiva do e-Brasileirão PRO vai para o evento e junto com ela uma estrelada lista de players estão confirmadas: Mito Abdalla, Eduardinho, Henrykinho, Gabriel Franja, Allan de Campos, Wellington “Nego Jr.”, Ewerson Portela, MTS Montro, Ruan, CyberDan, Thardelly e Markston. O campeonato promete muita emoção com os grandes times brasileiros e comentaristas como Arthur Apeste e Arnaldo Cezar Coelho, Guerreiro Narrador, além de show matches com grandes jogadores de futebol, como Djair e influenciadores como Raquel Freestyle e Negrete. Os fãs também poderão acompanhar a transmissão de casa através do Stream do Estagiário no seu canal na Twitch. Fechando o dia, se apresenta o duo de DJs INNDRIVE, que coleciona mais de 40 milhões de streams no Spotify.

Como chegar à Cidade do Rock durante o festival 

Para que os fãs do Rock in Rio cheguem à Cidade do Rock de forma rápida, fácil, segura e confortável, o festival contará com dois transportes exclusivos: o Rock Express e o Primeira Classe, que já estão disponíveis para compra. Serão 160 veículos Rock Express e 500 ônibus Primeira Classe. Durante os sete dias de evento, a operação do funcionamento de transportes públicos e vias do entorno do festival terão um esquema especial: o MetrôRio manterá a estação Jardim Oceânico aberta 24 horas para embarque e todas as outras estações em funcionamento para desembarque nas madrugadas. O Rock Express funcionará a partir do meio-dia e o Primeira Classe com horários agendados. O BRT não fará serviço para o festival. 

A novidade deste ano é o serviço Rock Express, que são coletivos exclusivos para o transporte do público para o Rock in Rio. É importante ressaltar que os bilhetes do Rock Express e do MetrôRio ou outras linhas de ônibus devem ser adquiridos de forma separada. Na ida, o Rock Express tem como local de embarque os terminais do Jardim Oceânico e Alvorada. O ponto de desembarque é o Terminal Olímpico (Cidade do Rock), que durante os sete dias de evento será de uso exclusivo do Rock Express. No momento do embarque, os usuários do serviço receberão uma pulseira de identificação que, no regresso para casa, apenas precisarão mostrar para a equipe de apoio para, assim, acessar ao Rock Express. Na volta, o público embarca no Terminal Olímpico (Cidade do Rock) e terá como destino os terminais do Jardim Oceânico e Alvorada, onde poderão fazer a conexão com o MetrôRio ou outras linhas de ônibus da cidade.  

Para que os usuários cheguem mais rápido ao festival, o serviço usará os corredores do BRT e não fará nenhuma parada no trajeto, tanto na ida quanto na volta. O Rock Express já está à venda no site e funcionará das 12h até às 5h, com o bilhete no valor de R$ 22,00, já contemplando a passagem da ida e da volta. Se organize e não deixe para a última hora! Para este serviço, não é necessário marcar horários de embarque, já que os coletivos sairão a todo o instante dos pontos de embarque, tanto da ida quanto da volta.  

O Transporte Primeira Classe, sucesso nas edições passadas do Rock in Rio, continuará a oferecer o serviço para o público que irá ao evento. Esta é a opção mais confortável e a única, para os cariocas, que deixa os clientes em uma entrada exclusiva dentro da Cidade do Rock, perto do palco New Dance Order. No total, serão 17 pontos de embarque pelo Rio de Janeiro, que levarão o público em ônibus executivos que não farão nenhuma parada durante o trajeto. Para este serviço, na ida ao evento é necessário escolher um local de embarque e marcar o horário de partida para o Rock in Rio — que ocorre entre 11h e 19h. Na volta, no mesmo local que chegou ao festival, o público embarca no momento que desejar — sem necessidade de marcar horário —, podendo retornar para qualquer um dos 17 destinos (exceto rota de Petrópolis), a partir de 22h, com saídas sob demanda.  

Para este serviço, a venda é somente online e a tarifa é de R$125,00, já contemplando a passagem de ida e de volta. O valor pode ser parcelado em até três vezes, e a venda está aberta com vagas limitadas no site. O Primeira Classe conta com um dos maiores terminais rodoviários montados para um festival de música. 

Ingressos já estão disponíveis para download e transferência

Já está disponível para download o ingresso do Rock in Rio, que pela primeira vez na história do festival será em versão digital. Quem garantiu presença em um ou mais dias do evento deve baixar seu(s) ticket(s) diretamente para as telas de seus smartphones ou dá-lo de presente a alguém por meio do recurso de transferência — lembrando que a transferência deverá ser realizada até as 23h59 do dia anterior ao que o fã vai ao evento. A tecnologia é pioneira em eventos desse porte no Brasil e está sendo implementada pela Ingresso.com especialmente para o maior festival de música e entretenimento do mundo, chegando para tornar a experiência dos usuários ainda mais segura, prática e sustentável em relação às pulseiras e outras entradas físicas. Não deixe para a última hora e evite contratempos com a conexão do seu celular: faça o download do seu ingresso e associe para o nome de quem irá ao festival antes de sair de casa.

Sugestão de leitura: Warner Bros leva MultiVersus para o Rock in Rio com gameplays

Sobre o Rock in Rio 

O Rock in Rio foi criado para dar voz a uma geração e promover experiências únicas e inovadoras. Em 1985, o evento foi responsável por colocar o Brasil na rota de shows internacionais. Batendo recordes de público a cada edição e gerando impactos positivos nos países onde é realizado, se consagrou como o maior festival de música e entretenimento do mundo. Consciente do poder disseminador da marca, hoje o Rock in Rio pauta-se por ser um evento com o propósito de construir um mundo melhor para pessoas mais felizes, confiantes e empáticas num planeta mais saudável. 

A internacionalização da marca começou por Portugal, Lisboa, em 2004, onde o evento acontece até hoje, seguido por Espanha (Madri) e pelos Estados Unidos (Las Vegas). No Rock in Rio, os números não param de crescer. Pelas Cidades do Rock já passaram mais de 10 milhões de visitantes nestas 21 edições. Em 37 anos, o festival ganhou o mundo e tornou-se um verdadeiro parque de experiências, mas muito além disso, cresceu e ampliou a sua atuação, sempre com o olhar no futuro. 

Adotando e incentivando práticas que apoiam o coletivo, o Rock in Rio preza pela construção de um mundo melhor e se une a empresas que possuem este mesmo olhar e diretriz. Em 2013, foi reconhecido por seu poder realizador ao receber a certificação da norma ISO 20121 – Eventos Sustentáveis. Desde a primeira edição, já gerou 237 mil empregos diretos e indiretos e investiu, junto com seus parceiros, mais de R$ 110 milhões em diferentes projetos, passando por temas como sustentabilidade, educação, música, florestas, entre outros.

Related Post

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *